Sábado, 20 de
Julho de 2024
Geral

Violência

Adolescente é morta e tem seios cortados

Caso é investigado pela Polícia Civil

Foto: Reprodução/Redes Sociais e Divulgação/Polícia Militar
post
Adolescente Anna Carolina Silva é encontrada morta em cisterna de casa em Planaltina —Goiás

11 junho, 2024

Uma adolescente de 15 anos foi encontrada morta em uma cisterna de Planaltina, no Entorno do Distrito Federal, segundo a Polícia Militar. Ao g1, o delegado Augusto Albernaz explicou que um idoso de 63 anos, com quem Anna Carolina Silva "namorava" há cerca de 40 dias, confessou o crime. "Tomado por um sentimento de raiva, [ele] desferiu facadas no seu pescoço, cortou uma das pernas e as mamas dela e cortou uma de suas mãos", relatou a polícia sobre a confissão do idoso. O corpo foi encontrado no dia 6 de junho e o idoso foi preso pela polícia na cidade de Sobradinho, no Distrito Federal. O g1 não conseguiu localizar a defesa dele para um posicionamento até a última atualização desta reportagem.

Morte e investigação
A PM explicou que soube que a adolescente estava desaparecida e que, após fazer um levantamento, encontrou a casa onde o corpo estava escondido. O corpo foi encontrado após os policiais estranharem a existência de uma estrutura de cimento recente que estaria sobre a cisterna. Ao g1, a Polícia Civil explicou que, inicialmente o suspeito não admitiu os crimes, mas que familiares suspeitavam que o corpo encontrado seria de Anna Carolina Silva. A família reconheceu o corpo da menina no local em que ele foi encontrado por meio das tatuagens dela. Segundo a polícia, o idoso confessou o crime após ter sido confrontado sobre o homicídio pelos policiais. O delegado detalhou que a motivação do homem teria sido por supostas ameaças que Anna teria feito à família do idoso. "[Ele] disse que eles mantinham relacionamento há 40 dias e que Anna frequentava sua casa. Acerca de sua motivação, disse que a matou diante de ameaças que ela teria feito contra sua família. Além disso, ele afirmou que Anna teria dito que iria tomar a casa dele na justiça", detalhou a polícia sobre a motivação do crime. Ainda segundo narrado pelo idoso à polícia, o crime aconteceu enquanto a adolescente dormia no sofá da casa dele sob o efeito de drogas.