Sábado, 20 de
Julho de 2024
Estado

Show

Inauguração da ponte de Porto Nacional terá show de Manu Bahtidão

Evento será realizado às 20h em um palco montado ao lado da nova estrutura. Inauguração põe fim a uma espera de cinco anos por parte da população

Foto: Arquivo/Divulgação
post
Manu Bahtidão em show

14 junho, 2024

Quase cinco anos após o início das obras, a ponte de Porto Nacional (TO) deve ser inaugurada nesta sexta-feira (14/6) com show da Manu Bahtidão. O fim das obras vai liberar totalmente o trânsito no trecho da rodovia TO-050, que estava parcialmente interditado desde a primeira semana de junho. Além de políticos e autoridades locais, a população também poderá participar da inauguração da ponte a partir das 20h. Um palco foi montado ao lado da ponte e também vai receber a Banda Forró Sacode. Segundo a prefeitura de Porto Nacional, cerca de 250 agentes, entre policiais militares, bombeiros, Guarda Municipal e fiscais de diversos órgãos, trabalham em conjunto para garantir o bom andamento das ações. O empreendimento também marca o retorno do tráfego de veículos pesados na rodovia. Desde 2019 veículos acima dos 2,2 metros ou com mais de 3,5 toneladas eram impedidos de atravessar a ponte, sendo obrigados a utilizar balsas. Segundo o governo, a estrutura conta com 90 vigas instaladas ao longo de 1.088 metros, além das 'cabeças' da ponte, que totaliza 1.488 metros de extensão. O investimento na obra foi de R$ 149 milhões, recurso do Governo do Tocantins em parceria com o Banco de Brasília. A ponte utilizada anteriormente, construída nos anos 1970 para o trecho da TO-255, foi condenada em 2013 por problemas estruturais que ofereciam riscos aos motoristas e pedestres. Em 2015, houve a contratação de empresa para a construção de uma nova ponte. Inclusive, a contratação foi alvo de investigação do Ministério Público do Tocantins (MPTO). A princípio, o contrato o previa custo de R$ 101,3 milhões. As obras só começaram em setembro de 2019. Em janeiro de 2023 o governo prorrogou o prazo de entrega para 2024. Acompanhado do presidente da Agência de Transportes, Obras e Infraestrutura (Ageto), Marcio Pinheiro, e de outras autoridades, o governador Wanderlei Barbosa (Republicanos) participou de uma inspeção feita na estrutura em abril e anunciou a data de inauguração. No dia 6 de junho, o trecho das obras foi parcialmente interditado para que fossem realizados os preparativos para o evento de inauguração.