Sábado, 20 de
Julho de 2024
Estado

Vacinação

Dia Nacional da Imunização: Governo de Goiás alerta para vacinas contra pólio e influenza

Final de semana é marcado pelo D dia D de vacinação contra poliomielite; demais imunizantes previstos no calendário nacional do SUS, inclusive contra influenza, também estão disponíveis

Foto: SES / Governo de Goiás
post
Campanha de vacinação contra a poliomielite está em andamento e vai até 14 de junho; vacinação contra a influenza também continua

08 junho, 2024

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria da Saúde (SES), faz neste domingo (09/06), Dia Nacional da Imunização, um chamado para que a população atualize o cartão de vacinas. Forma mais eficaz e segura de proteção contra doenças infecciosas, as doses do Programa Nacional de Imunização (PNI) estão disponíveis em todo o estado, com destaque para a campanha contra poliomielite e o imunizante contra influenza. O secretário da Saúde, Rasível Santos, reforça que é preciso aumentar as coberturas vacinais. “Estamos empenhados em estimular pais e responsáveis a protegerem seus filhos para que toda a população esteja protegida. O trabalho de retomada das coberturas não pode parar, porque o governador Ronaldo Caiado tem como missão cuidar e salvar vidas e não podemos aceitar nada diferente disso”.  A campanha contra pólio começou no dia 27 de maio e vai até 14 de junho, com o dia D marcado para este sábado (08/06). No último dia 31 de maio terminou a campanha de vacinação contra a influenza, mas a vacinação continua sendo realizada enquanto houver doses disponíveis para toda a população acima de 6 meses de idade. Além destas, diversas outras vacinas podem ser tomadas. O calendário do Sistema Único de Saúde (SUS) oferece gratuitamente 48 imunobiológios, entre vacinas, soros e imunoglobulinas, para todas as faixas etárias. O país possui mais de 38 mil salas de vacinação localizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), sendo mais de 900 salas no estado de Goiás. 

Iniciativas

O Programa Imuniza Goiás foi criado em 2022 para auxiliar os profissionais de saúde no monitoramento e identificação de crianças não vacinadas, fornecendo informações como número de telefone, nome da criança, nome da mãe e endereço. Essa ferramenta possibilita uma abordagem direta e eficaz na busca ativa para melhorar os índices de imunização. A lei estadual 22.243, sancionada em agosto de 2023, estabeleceu a obrigatoriedade de apresentação do Certificado de Vacinação no ato da matrícula escolar para estudantes de até 18 anos da educação infantil e dos ensinos fundamental e médio, das redes pública e privada. Em outra ação, mais de 1,6 mil profissionais foram capacitados para trabalhar com a imunização. Além de projetos de cofinanciamento que contemplam os municípios, o Governo de Goiás também reconheceu aqueles que se destacaram na imunização contra a dengue com o Prêmio Zé Gotinha do Cerrado. Os destaques foram as cidades de Paranaiguara, Davinópolis, Goiandira e Porteirão, que aplicaram 100% das doses destinadas a adolescentes.

Vacinas salvam vidas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, anualmente, as vacinas salvam mais de 3 milhões de vidas ao redor do mundo. Segundo o Ministério da Saúde, o objetivo do Dia Nacional da Imunização é chamar a atenção para a importância das vacinas, tanto para o indivíduo como para a saúde coletiva. Manter a vacinação em dia, mesmo na fase adulta, é um dos melhores métodos para evitar doenças e infecções.