Domingo, 19 de
Maio de 2024
Direito & Justiça

Foragido

Marido que sumiu após viajar com mulher é suspeito de matá-la e procurado

Polícia Civil aguarda os laudos da Polícia Científica para identificar o corpo. Carro do casal foi encontrado entre Goianira e Trindade

Foto: Divulgação/PC-GO
post
Douglas José de Jesus, de 45 anos, suspeito de matar Fábia Cristina Santos, de 43 anos

23 abril, 2024

O caminhoneiro Douglas José de Jesus é suspeito de matar e ocultar o corpo da esposa, Fábia Cristina Santos, após o casal desaparecer há mais de 40 dias depois de sair de Goianira para a missa de 7º dia do pai da mulher. A Polícia Civil aguarda os laudos da Polícia Científica para identificar o corpo, mas já sabe que é um corpo feminino. “A hipótese que nós estamos trabalhando é que naquele caminho até a missa de sétimo dia, ocorreu alguma coisa que levou essa situação”, explicou a delegada Carla de Bem. O g1, a advogada da família de Fábia informou que aguarda o resultado do laudo pericial. O g1 não localizou a defesa de Douglas até a última atualização desta reportagem. O carro do casal foi encontrado entre Goianira e Trindade na última segunda-feira (22/4), segundo a Polícia Civil. Conforme a polícia, o corpo encontrado estava esqueletizado e em estado avançado de decomposição. A perícia trabalha na identificação do corpo. A polícia informou Douglas é réu por um duplo homicídio praticado em Quirinópolis em 1996 e está foragido desde a época. Ele usava o nome do irmão para escapar da polícia: Wander José de Jesus. Os dois não são vistos desde o dia 9 de março. O casal foi flagrado por câmeras de monitoramento de um posto de gasolina no Bairro Cidade Jardim, em Goiânia, quando estava em viagem para a missa. O vídeo mostra quando os dois, que estavam num veículo Ford Fiesta preto, chegam ao estabelecimento e vão embora. As imagens mostram que o casal chega ao posto às 13h49 e sai de lá às 13h54 - assista abaixo.

Violência doméstica
Segundo a advogada da família, Rosemere Oliveira, Fábia Cristina Santos era vítima de violência doméstica. Imagens divulgadas pela advogada mostram marcas no pescoço da mulher (veja abaixo). A advogada afirmou que encontrou as fotos ao acessar o computador que a vítima usava. "Tive acesso ao computador dela. No e-mail, ela juntava várias fotografias, inclusive com imagens bem fortes onde ela foi vítima de uma tentativa de homicídio, em que o Douglas tentou tirar a vida dela dias antes do desaparecimento", contou a advogada.  Ao perguntar à família, uma pessoa disse que Fábia havia informado a ela que o marido teria a levado em um lugar desconhecido e tentado a enforcar com um fio no pescoço. Alertou ainda que não era para contar para ninguém, pois ele ameaçava matar toda a família.