Sábado, 18 de Setembro de 2021
Geral

Briga

"Não vou brigar com defunto", diz Luisa Mell sobre reprise de Clodovil

Procurada pelo Yahoo, Luisa Mell não quis comentar o episódio do passado, mas pareceu guardar mágoa de Clodovil

Foto: Reprodução/Instagram/SBT
post
Briga foi relembrada neste domingo (18/7)

19 julho, 2021

Silvio Santos reprisou no SBT uma entrevista polêmica com Clodovil, que morreu em 2009, neste domingo (18/7). Vários trechos do bate-papo chamaram atenção nas redes sociais. Muita gente não lembrava das fofocas da época e se divertiu com o que o apresentador falou na ocasião. Em um trecho, por exemplo, Clodovil disse que deixou a Rede TV! por causa de uma briga com a "amante do dono". "Perdi um trabalho que tinha adoração por ele. Nunca fiz um trabalho na televisão que tivesse tanto amor quanto tinha pela 'A Casa é Sua'. As pessoas pensam que eu não gostava. Conheci a Vida Vlatt nessa época. A gente fazia quatro horas de televisão por dia sem texto, tudo de improviso. Era de verdade, a gente tinha amor pelo trabalho da gente. Eu ia com alegria para a televisão e fui posto pra fora de lá pela amante de uma das pessoas", afirmou. Na época, Silvio Santos não queria problemas com a Justiça e por isso não deixou o convidado contar a história completa. Internautas ficaram curiosos pela fofoca do passado, foram atrás dos bastidores e descobriram que a "amante" que Clodovil citou na entrevista seria Luisa Mell, a protetora dos animais. Na época, ela namorava Amilcare Dalevo, presidente da Rede TV!, que é casado com Dani Albuquerque há 15 anos. Uma reportagem daquele período diz que a briga teria começado quando o apresentador chamou Luisa Mell de "Rita Cadillac do futuro" durante seu programa. A produção teria cortado o trecho, mas ela teria descoberto e articulado para Clodovil ser demitido. No mesmo dia, o apresentador teria recebido um fax com o aviso de demissão. Procurada pelo Yahoo, Luisa Mell não quis comentar o episódio do passado, mas pareceu guardar mágoa de Clodovil. "Não vou brigar com um defunto, né? A vida respondeu para ele", afirmou a ativista.