Sábado, 18 de Setembro de 2021
Geral

Interdição

Filhos de Cid Moreira pedem interdição do pai e prisão de madrasta por cárcere privado

Cid Moreira não se pronunciou sobre o caso, mas a mulher dele, Fátima, falou sobre o assunto nas redes sociais no dia seguinte

Fotos: Divulgação
post
Fátima Sampaio e Cid Moreira

21 julho, 2021

São Paulo (SP) - Os filhos de Cid Moreira, 93, abriram um processo para interdição dele no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro nesta terça-feira (21/7)). Rodrigo e Roger Moreira, que recentemente trouxeram a público desavenças com o pai a respeito da futura herança, também afirmam que a madrasta, Fátima Sampaio, 58, está transferindo os bens do locutor para familiares dela.  A ação foi protocolada com pedido de urgência, alegando tratar-se de "pessoa idosa, senil e que tem problemas psiquiátricos ocasionados pela idade". Nos documentos judiciais, Fátima é acusada de "depenar totalmente o idoso, em puro estelionato senil, apropriação indébita e formação de quadrilha".  Ela também é acusada de maus-tratos e cárcere privado, sem que familiares próximos possam visitá-lo. Segundo os filhos, ela ofereceria comida estragada para o pai, além de deixá-lo sem medicação e agressões verbais. Ela também seria responsável por convencê-lo a deserdar os filhos.  A reportagem procurou o apresentador e Fátima, mas não obteve retorno até a última atualização deste texto. De acordo com o advogado dos filhos, Ângelo Carbone, também já foi aberta uma ação penal, que está em andamento no Ministério Público, na qual é pedida a prisão provisória dela.  "Diante da gravidade dos fatos e da tentativa da querelada em tentar mudar provas, contatar testemunhas, que seja decretada a prisão provisória da mesma por 30 dias, prorrogando-se até que tudo seja apurado ou surja uma preventiva", diz a solicitação. 

Crise
A crise na família de Cid Moreira veio à tona há alguns dias. No último dia 13, Roger contou no Balanço Geral (Record) que havia sido deserdado pelo pai. A reportagem mostrou um documento que teria sido enviado ao rapaz pelo locutor.  "Você continua sendo meu filho adotivo porque não consegui reverter a adoção", diz o texto."[Mas] fiz um documento e deserdei você."  Roger é sobrinho da ex-mulher de Cid Moreira, Ulhiana Naumtchyk. Ele foi adotado após uma temporada de férias na casa dos tios e passou a morar com eles depois.  Cid Moreira não se pronunciou sobre o caso, mas a mulher dele, Fátima, falou sobre o assunto nas redes sociais no dia seguinte. Ela disse que o locutor não pode comentar porque o caso envolve segredo de Justiça.  "Não é uma questão para eu julgar por que fizeram isso", avaliou. "Ele foi adotado adulto, não foi abandonado bebê pelo Cid. Tinha pai e mãe, ele deixou pai e mãe para ser adotado pelo Cid e pela tia já adulto."  Alguns dias depois, Rodrigo, que é filho biológico do locutor, também se manifestou. Fruto do relacionamento do pai com Olga Verônica Radenzev Simões e comerciante no interior de São Paulo, ele disse no mesmo programa que os dois tiveram pouco contato ao longo da vida.  Cid Moreira também teria dito a ele que não queria ser pai dele. "Gostaria do impossível, que seria ele me abraçar, sair comigo e eu saber um pouco dos gostos dele, do que ele gosta de comer. Uma convivência de pai para filho", lamentou.