Terça, 11 de Maio de 2021
Brasil

Relator

Quem é Renan Calheiros, relator CPI da Covid?

Crítico ao governo de Jair Bolsonaro, nesta semana, Renan Calheiros defendeu que o MDB apoie o ex-presidente Lula na eleição presidencial de 2022

Foto: Divulgação
post
Renan Calheiros será responsável por dar o rumo aos trabalhos e produzir o texto final

16 abril, 2021

Brasília (DF) - Os senadores da CPI da Covid fecharam acordo nesta sexta-feira (16/4) para a composição dos cargos de comando da CPI da Covid-19. A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai apurar eventuais omissões do governo federal no combate à pandemia terá como relator o senador Renan Calheiros (MDB-AL). O colegiado será presidido por Omar Aziz (PSD-AM) e o vice-presidente será o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Crítico ao governo Jair Bolsonaro, Renan Calheiros será responsável por dar o rumo aos trabalhos e produzir o texto final, que pode ser encaminhado ao Ministério Público e a outros órgãos de controle. O acordo foi selado na manhã desta sexta-feira entre os oposicionistas e chamados "independentes" que integram a CPI. O presidente da CPI costumar ser o responsável por indicar o relator. O senador Omar Aziz, que tem o respaldo de aliados do governo Jair Bolsonaro para assumir a presidência, prometeu o apoio ao nome de Renan Calheiros.  No entanto, tradicionalmente, a presidência das CPIs é oferecida a quem fez o pedido de abertura - no caso, o senador Randolfe Rodrigues. O parlamentar, por sua vez, enfrentava resistência de uma ala de membros do colegiado, principalmente do PSD, que tem a segunda maior bancada e reivindica o comando do grupo. O governo também não queria que a presidência e a relatoria fossem ocupadas por oposicionistas declarados. Por acordo, o maior partido no Senado, o MDB, teve direito à primeira escolha de postos-chave e pediu a relatoria da CPI. Randolfe acabou cedendo o posto para Aziz para evitar que o senador do PSD fechasse acordo com a ala governista da CPI e isso desequilibrasse o jogo a favor de Bolsonaro no colegiado. Até porque a relatoria é considerada mais importante para a oposição.

Quem é Renan Calheiros

É um dos nomes mais antigos no Senado brasileiro. Ele está há 26 anos na Casa e tem mandato até janeiro de 2027. Foi três vezes presidente do Senado, além de ministro da Justiça no governo FHC. É pai do governador de Alagoas, Renan Filho (MDB). Crítico ao governo de Jair Bolsonaro, nesta semana, Renan Calheiros defendeu que o MDB apoie o ex-presidente Lula na eleição presidencial de 2022.