Domingo, 13 de Junho de 2021
Brasil

Erro

Prefeito do Rio Eduardo Paes canta em bar sem máscara

O próprio Paes admitiu o erro e alertou que não vai se inibir na tomada de medidas restritivas contra o vírus

Foto: Reprodução
post
Eduardo Paes foi flagrado cantando em um bar na Lapa

10 maio, 2021

Rio de Janeiro (RJ) - Eduardo Paes foi flagrado cantando em um bar do Rio de Janeiro. O prefeito participava de uma roda de samba, apesar do decreto que proíbe tal evento, e sequer utilizava máscara de proteção contra a Covid-19.

O vídeo foi gravado no último sábado (9/5) no bar Armazém do Senado, na Lapa. Paes realizava uma gravação com o chef Pedro Artagão, caminhou pelas ruas do centro da cidade e parou no local para seguir com a filmagem. Imediatamente após a divulgação das imagens, em que aparece ao lado de outras pessoas sem máscara, em ambiente fechado, o prefeito foi alvo de críticas. O deputado estadual Alexandre Freitas chegou a dizer que Paes estava “cantarolando em um bar” depois de “levar muita gente à falência”. Diante da repercussão negativa, o político utilizou o Twitter na manhã desta segunda-feira para se explicar. “Errei e me desculpo”, escreveu. “Errei ao resolver me juntar aos músicos e cantar algumas músicas. Obviamente, ver o prefeito da cidade cantando em um bar, é um fato que por si só gera alguma aglomeração que é tudo que não se deve fazer nesse momento. Além disso retirei minha máscara por algum tempo enquanto cantava. Me desculpo com a população por esse gesto.” Paes ressaltou a gravidade e os perigos da Covid-19. O próprio prefeito foi diagnosticado com o coronavírus duas vezes desde o início da pandemia e viu seu pai ser intubado por causa da doença há duas semanas. “O coronavirus é uma doença grave (estou vendo isso muito de perto) e estamos longe do fim da pandemia. Respeitar as restrições colocadas pela prefeitura é essencial para continuarmos avançando no combate à doença. É possível e devemos frequentar nossos bares e restaurantes, mas sempre com os limites colocados”, afirmou. “Me desculpo por minha atitude e deixo bem claro aqui que não me inibirei em continuar estabelecendo as medidas necessárias para enfrentar essa doença. Os negacionistas de plantão que não se animem com meu erro”, completou Paes.

Prefeito flexibilizou medidas na última semana
Na última sexta-feira, Paes anunciou a flexibilização das medidas restritivas contra a Covid-19. Um dia após o estado registrar o recorde de casos em 24 horas, o prefeito liberou a abertura de bares e restaurantes e a visitação às praias nos fins de semana. As rodas de samba, porém, seguiram proibidas. "Vivemos um momento melhor porque uma parte importante dos cariocas colaborou ao longo das últimas semanas. Então vamos continuar colaborando porque não tem 'liberou geral'", disse na época.

Principais alterações do novo decreto:
Bares e restaurantes podem funcionar sem restrições de horário, com música ao vivo até as 23 horas;

Praias, parques e cachoeiras estão liberados todos os dias;

Ambulantes nas praias também estão liberados todos os dias;

Casas de espetáculos podem abrir, desde com 40% da capacidade;

Estacionamento na orla voltou a ser liberado;

Áreas de lazer no Leblon e em Copacabana podem reabrir aos domingos;

Academias estão liberadas com aulas coletivas limitadas a um indivíduo a cada quatro metros quadrados.

Seguem proibidos:
Boates;

Rodas de samba;

Entrada de ônibus fretados na cidade (exceto os que prestarem serviço para hotéis)

Fontes: Yahoo Notícias / www.poptvnews.com.br